filé de brontossauro

O homem nunca conviveu com dinossauros, isso só aconteceu nos episódios do Flintstones, da Família Dinossauro, do Elo Perdido, nos filmes do Parque dos Dinossauros… enfim, só na ficção. Mas o Homem das Cavernas caçou animais tão grandes quanto, como o mamute. O interessante, é que o Homem das Cavernas como imaginamos só entrou para o nosso imaginário depois de um salto evolutivo, e tem a ver com alimentação.

Sabe-se muito e, ao mesmo tempo, muito pouco sobre nossos antepassados de milhões de anos. O esqueleto bípede mais antigo que se tem notícia tem de 3,8 a 4 milhões de anos e foi justamente neste estágio da evolução, talvez um pouco mais a frente, que o homem, os famosos australopiteco e Homo habilis, na áfrica oriental começaram a caçar. Isso, há cerca de 2,5 a 1,5 milhão de anos. Até então, a alimentação era exclusivamente vegetariana e o australopiteco foi obrigado a encontrar outras fontes de alimento depois de migrar para áreas onde a quantidade de alimento vegetariano era menor. Se ele se tornou bípede, isso facilitou a caça, porém ele realmente caçava ou aproveitava os restos deixados por animais? A resposta ninguém sabe ao certo, mas pelo que tudo indica, as duas coisas. Caçar exigia muito do homem, além de arriscado. Um mamute, ou um mesmo um animal de porte menor, podia matar com um só movimento. E o homem, mesmo evoluído, ainda era bem primitivo. Então o homem aproveitava restos, mas quando a coisa apertava, o jeito era enfrentar o bicho.

Como disse no outro parágrafo, muito se sabe e também pouco se sabe. São teorias que fazem sentido, mas qualquer descoberta, estudo ou análise pode alterar tudo. No último sábado, foi noticiado a descoberta de fósseis na Ucrânia mostra que o Homo sapiens era uma criatura vaidosa e canibal. Além de adornos feitos de ossos e presas, havia um crânio rachado exatamente como eles rachavam os crânios de animais para a retirada do miolo. Tal prática devia ter uma conotação “religiosa”, como a de tribos que comem partes de adversários mortos para mostrar coragem e poder. Por enquanto, é apenas uma suposição. Mas o que isso tem a ver com a História da Alimentação? Bom, se a carne tem papel de destaque hoje – vamos lembrar que em quase todas as culturas, a carne sempre foi a estrela em cerimônias, festas e oferendas -, é importante saber quando, como e por que o homem se tornou onívoro. E não pense que paramos de evoluir!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: